Academia Médica
Academia Médica
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
VOLTAR

Transformando a saúde pública: Ministério da Saúde busca modernização do SUS com inteligência artificial

Transformando a saúde pública: Ministério da Saúde busca modernização do SUS com inteligência artificial
Academia Médica
mai. 24 - 3 min de leitura
000

O Ministério da Saúde está empenhado em implementar novas tecnologias no Sistema Único de Saúde (SUS), visando expandir o acesso da população a uma saúde pública cada vez mais universal, ágil e de qualidade. Uma das propostas em estudo é a incorporação da inteligência artificial (IA) nos serviços de atendimento à população, por meio do programa SUS Digital.

O objetivo do SUS Digital é repensar o acesso ao SUS, utilizando aplicativos, inteligência artificial e big data para redesenhar a saúde no país nos próximos 20 anos. A ideia é transformar o SUS em um sistema mais amigável, aproximando-o do cidadão, simplificando a vida dos usuários e otimizando os diagnósticos e atendimentos na saúde pública.

O programa também tem como foco a inclusão digital no SUS, garantindo que ninguém seja deixado para trás. Com o SUS Digital, a população terá a saúde incorporada em seu dia a dia, por meio de dispositivos móveis, reduzindo filas e aproximando o sistema de saúde da vida de cada cidadão.

Já existem projetos em andamento que testam a aplicação da saúde digital em unidades de terapia intensiva (UTI), com resultados promissores. Um desses projetos atende gestantes de alto risco e puérperas em ambientes de UTI, e já demonstrou redução significativa da mortalidade materna. Outro exemplo é o projeto de TeleUTI para covid-19, que proporcionou atendimentos remotos e treinamentos para profissionais de saúde, resultando na redução da letalidade dos pacientes nas unidades atendidas.

No entanto, a implementação do SUS Digital enfrenta desafios, como a melhoria da infraestrutura de rede e a garantia da segurança dos dados dos usuários. Além disso, é necessário realizar uma avaliação cuidadosa dos riscos e benefícios das tecnologias de inteligência artificial na área da saúde, conforme destacado pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

A Feira Hospitalar, maior evento de saúde da América Latina, está abordando o poder das plataformas e seu impacto no setor de saúde. Nesse contexto, o Ministério da Saúde apresentou seus planos para o SUS Digital, reforçando o compromisso com a inovação tecnológica em prol de um sistema de saúde mais eficiente e acessível.

A inclusão da inteligência artificial no SUS tem o potencial de revolucionar a saúde pública no Brasil, proporcionando um atendimento mais ágil, eficiente e personalizado. A adoção dessas tecnologias, aliada a uma infraestrutura robusta e à capacitação adequada dos profissionais de saúde, abrirá novas possibilidades para a medicina e contribuirá para a melhoria da qualidade de vida da população.


Leia também:




Fonte:
Agência Brasil (maio, 2023) - Ministério da Saúde planeja inclusão de inteligência artificial no SUS
https://agenciabrasil.ebc.com.br/saude/noticia/2023-05/ministerio-da-saude-planeja-inclusao-de-inteligencia-artificial-no-sus


Denunciar publicação
    000

    Indicados para você