[ editar artigo]

O uso de mídia social pode piorar os sintomas depressivos

O uso de mídia social pode piorar os sintomas depressivos

Muito se questiona sobre a relação entre a utilização de redes sociais e o aumento dos sinais e sintomas depressivos devido a diversos fatores como as representações de padrões de vida de famosos e milionários.

Em um recente estudo publicado na JAMA, um time de pesquisadores entrevistou 5395 pacientes com média de 55 anos que apresentavam sintomas depressivos mínimos em um questionário inicial e que relataram o uso de Snapchat, Facebook ou TikTok. Esses pacientes foram mais propensos a relatar níveis elevados de sintomas depressivos em uma pesquisa posterior ao uso dessas redes sociais.

A pesquisa incluiu dados de uma pesquisa realizada por questionários respondidos pela Internet com uma frequência mensal e que foi realizada entre maio de 2020 e maio de 2021 entre indivíduos com 18 anos ou mais nos Estados Unidos. Os dados foram analisados em julho e agosto de 2021.

Na análise dos dados da pesquisa realizada pelos autores, eles afirmam que algumas formas de uso de mídia social - em particular, Snapchat, Facebook e YouTube - foram associadas a níveis maiores de sintomas depressivos relatados em uma pesquisa subsequente.

Entre os entrevistados que não relataram sintomas depressivos inicialmente, o uso de mídia social foi associado a uma maior probabilidade de aumento subsequente dos sintomas depressivos após o ajuste para características sociodemográficas e fontes de notícias.

Esses dados não podem elucidar a natureza dessa associação, mas sugerem que determinado uso de mídia social precedeu o agravamento dos sintomas depressivos.

Artigos relacionados


Quer escrever?
Publique seu artigo na Academia Médica. Clique no botão "NOVO POST" no alto da página!


Referências

1‌. Perlis RH, Green J, Simonson M, et al. Association Between Social Media Use and Self-reported Symptoms of Depression in US Adults. JAMA Netw Open. 2021;4(11):e2136113. doi:10.1001/jamanetworkopen.2021.3611

Conteúdo traduzido e adaptado por Diego Arthur Castro Cabral

Psiquiatria

Academia Médica
O que a faculdade esquece de falar!
O que a faculdade esquece de falar! Seguir

Página da redação da Academia Médica para divulgar atualizações pertinentes aos médicos, acadêmicos de medicina e profissionais de saúde.

Ler conteúdo completo
Indicados para você