[ editar artigo]

Tira-dúvidas: ANVISA divulga informações sobre uso de losartana

Tira-dúvidas: ANVISA divulga informações sobre uso de losartana

Após o recolhimento voluntário de alguns lotes do losartana, por parte dos laboratórios Medley e Sandoz, em decorrência de uma medida preventiva anunciada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), muitos pacientes que usam o remédio para tratamento de problemas cardíacos e hipertensão ficaram aflitos sobre o que fazer neste momento. 

Para sanar essas dúvidas, a entidade divulgou, nesta segunda-feira (21), uma nota com explicações sobre o assunto. Confira a seguir!

1. Qual o motivo do recolhimento do losartana?

 A decisão da ANVISA é fruto de uma medida preventiva que começou a ser aplicada entre os meses de setembro e outubro de 2021.  De acordo com a autoridade sanitária, o objetivo da ação é avaliar a presença das impurezas conhecidas como “azido” nas medicações.  Os potenciais riscos decorrentes dessas alterações ainda estão sendo investigados e não há evidências que confirmam a relação entre o uso do remédio com problemas de saúde como cânceres, anomalias congênitas, distúrbios de fertilidade e outras doenças.

Neste sentido, é papel da ANVISA avaliar o controle de qualidade dos fabricantes e garantir a qualidade dos produtos comercializados. Segundo a nota divulgada pela instituição, existe a probabilidade das impurezas encontradas nos remédios serem resultados do processo de fabricação do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) presente no losartana.

Com a suspensão dos lotes afetados por essa contaminação, a ANVISA suspendeu a comercialização dos remédios. É importante ressaltar que a proibição da venda do losartana não se aplica a todos os produtos.

2. Quais são os lotes suspensos? De quais laboratórios?

Até o momento, dois laboratórios anunciaram o recolhimento voluntário do produto: Sanofi Medley e Sandoz. No entanto, todas as marcas que detém o registro do losartana foram notificadas e a ANVISA aguarda documentação complementar para analisar possíveis riscos. 

Abaixo os detalhes dos lotes suspensos de acordo com a composição do produto e laboratório:

Losartana potássica - Sanofi Medley

  • REGISTRO 183260155

(9KP15029; AKP04003; AKP00223; AKP02166; AKP02272; AKP03812; AKP03263; AKP00396; AKP00221; AKP08364)

(AKP00630; AKP01745; AKP01316; AKP02586; AKP05744; AKP01472; 9KP14839; 9KP14318; 9KP14926; AKP00397)

 (AKP01800; AKP03338; AKP05687; AKP01315; AKP02464; 9KP14976; AKP02347; AKP00152; AKP08365; AKP01889)

(AKP01801; AKP05853; AKP00377; 9KP14840; AKP05248; AKP02165; AKP05745; BKP00392; AKP11649; AKP13388)

(AKP01886; AKP04517; AKP01744; AKP01314; BKP08821; AKP01317; AKP00395; AKP03308; AKP01625; AKP02523)

(AKP02271; AKP05825; AKP02248; AKP08162; AKP05859; AKP08366; AKP08127; AKP03336; AKP04454; AKP08157)

(AKP02525; AKP03959; AKP01409; AKP04519; AKP01471; AKP03898; AKP04518; AKP03476; AKP03477; AKP05247)

(AKP03337; 9KP14335; AKP01885; AKP03453; 9KP14360; AKP00376; AKP02524; AKP05566; AKP02632; AKP00293)

 (AKP03454; AKP00278; AKP00151; AKP01470; AKP08367; AKP00622; AKP05246; AKP05824; AKP01884; BKP08820)

183260155 (AKP04302; AKP04301; AKP10255; AKP11382; AKP13111; AKP05671; AKP05670; AKP12536; AKP01069)

(AKP05665; BKP04247; BKP07620; BKP05295; AKP09729; AKP13090; AKP10541; AKP12307; BKP01100; BKP08042)

AKP08161; AKP01888; AKP00623; 9KP15030; 9KP15031; 9KP14317; 9KP14925; AKP02351; AKP02631; AKP05780)

(AKP09271; AKP09273; AKP13091; BKP08277; BKP05499; AKP05807; BKP07427; BKP05500; BKP08330; BKP05639;)

(AKP09446; AKP11353; AKP12575; AKP12807; BKP07856; AKP13304; BKP07550; AKP09340; BKP00656; AKP13326)

(AKP11036; AKP13302; AKP09643; AKP13340; AKP13339; AKP13354; BKP00657; BKP08332; BKP02784; AKP11035)

(AKP11159; AKP12517; AKP12389; AKP05505; AKP12667; AKP05731; BKP07260; BKP05311; BKP02685; AKP11175)

(AKP12327; AKP11261; AKP11260; BKP02105; BKP04371; BKP00304; AKP12154; AKP10948; AKP05562; AKP13087)

(AKP13146; AKP05308; AKP05667; AKP13145; AKP12488; AKP12489; AKP00271; AKP04217; AKP12535; AKP02761)

(BKP00468; BKP05602; AKP11475; BKP07855; BKP04248; AKP11354; BKP01774; BKP07356; BKP08333; AKP13301)

(BKP01101; AKP13089; AKP09500; AKP10608; AKP09272; BKP07553; AKP09343; AKP13303; AKP12693; BKP01775)

(BKP02218; BKP00662; AKP10470; BKP01011; 9KP14975; AKP04269; AKP08368; AKP10477; AKP04270; AKP08128)

(BKP05239; AKP13253; BKP02887; AKP13088; BKP08334; BKP05400; BKP00554; BKP08382; AKP05800; AKP12540)

(BKP07256; BKP01400; AKP11144; BKP08278; AKP12450; BKP02579; BKP08043; BKP07854; BKP00556; BKP04477;(BKP07621; AKP09435; AKP12155)

Losartana potássica + hidroclorotiazida - Sanofi Medley

  • REGISTRO 183260109

(AKP05484; AKP05564; AKP05662; AKP05660; AKP05661; AKP06055; AKP06053; AKP06057; AKP06056; AKP06054; AKP06211 e AKP06210)

Lorsacor e Losartana potássica - Sandoz

  • REGISTRO 100470315

(KD9094; KY3601)

  • REGISTRO 100470528 

(KE7201; KE7202; KG8989; KG8990; KL1802; KL1804; KP3543; KP3544; KP3545; KR7100; KR7101; KU7539; KU8274; KV3725AB; KX6743; KX6744; KX6745; KX8371; LA3560; LA3561; LA3562; LE7423; LE7425; LL6066; LL6067 e LL6068)

  • REGISTRO 100470542

(KD3234; KD3235; KD4016; KD5776; KD5777; KD6036; KD6037; KD6817; KD6818; KD8076; KD9093; KM5027; KM5028; KM5035; KP2793; KP2794; KR4671; KR4672; KR4673; KR7113; KR7114; KR7115; KU6805; KU6806; KU6807; KU6808; KU8901; KU8902; KV6928; KV6929; KV6930; KV7638; KV7639; KV7640; KV7641; KW6658; KW6659; KW6660; KW6661; KW6662; KW6663; KW6664; KW8165; KW8166; KW8167; KW8169; KW8171; KW8172; KW8173; KY2150; KY2850; KY2851; KY2852; KY3600; KY4077; LB9329; LB9330; LB9331; LB9332; LB9333; LB9334; LB9335; LE0506; LE0508; LE1251; LE1329; LE1331; LE3610; LE3619; LJ0251; LJ0252; LJ0253; LJ0254; LJ0255; LK0641; LK0642; LK0643; LK1435; LK4711)

3.Os pacientes devem parar de tomar o losartana?

Não. Segundo a ANVISA, não é recomendado que nenhuma pessoa pare de tomar o remédio sem orientação médica, afinal, a interrupção incorreta pode agravar os episódios de hipertensão e insuficiência cardíaca. Em caso de dúvidas, o melhor caminho é conversar com o médico e/ ou farmacêutico e, no caso de qualquer evento adverso, o profissional responsável pelo tratamento do paciente deve notificar a ANVISA pelo site.

Referências

  1. ANVISA. Entenda o recolhimento do medicamento losartana e as orientações aos usuários. Disponível em: https://www.gov.br/anvisa/pt-br/assuntos/noticias-anvisa/2022/entenda-o-recolhimento-do-medicamento-losartana-e-as-orientacoes-aos-usuarios. Acesso em 21/03/2022

  2. AGÊNCIA BRASIL. Anvisa tira dúvidas de pacientes que fazem uso de losartana. Disponível em: https://agenciabrasil.ebc.com.br/saude/noticia/2022-03/anvisa-tira-duvidas-de-pacientes-que-fazem-uso-de-losartana. Acesso em 21/03/2022

 

Saúde News

Academia Médica
O que a faculdade esquece de falar!
O que a faculdade esquece de falar! Seguir

Página da redação da Academia Médica para divulgar atualizações pertinentes aos médicos, acadêmicos de medicina e profissionais de saúde.

Ler conteúdo completo
Indicados para você