Academia Médica
Academia Médica
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
VOLTAR

Ações da indústria do tabaco para influenciar políticas de saúde, alerta OMS

 Ações da indústria do tabaco para influenciar políticas de saúde, alerta OMS
Academia Médica
nov. 17 - 3 min de leitura
000

A Organização Mundial da Saúde (OMS) lançou uma campanha vital:

"Parem as Mentiras". 

Visando proteger especialmente os jovens dos perigos representados pela indústria do tabaco e seus produtos nocivos. Esta iniciativa global enfatiza o combate à interferência desse setor nas políticas de saúde pública.

O "Índice Global de Interferência da Indústria do Tabaco de 2023" revelou uma vulnerabilidade crescente das medidas de saúde pública à influência das empresas de tabaco. A OMS, portanto, está empenhada em amplificar as vozes dos jovens, expor as táticas da indústria do tabaco e aumentar a conscientização sobre a necessidade de defender a saúde das futuras gerações.

Ruediger Krech, Diretor de Promoção da Saúde da OMS, enfatizou a importância de proteger os jovens contra uma indústria que os ataca com novos produtos nocivos e mentiras sobre os impactos na saúde. Ele instou os países a agir para impedir que representantes da indústria do tabaco influenciem a formulação de políticas de saúde.

A OMS denunciou as táticas da indústria do tabaco, incluindo a interferência nos direitos dos países de proteger a saúde pública, desafios judiciais, incentivos financeiros para influenciar as políticas de controle do tabaco, e a propagação de desinformação. A agência reiterou seu apoio às nações na implementação de medidas comprovadas de controle do tabaco para contrariar essa interferência.

Um dos principais riscos destacados pela OMS é a propagação de informações enganosas pela indústria do tabaco, que inclui a divulgação de dados falsos e a influência indevida nas políticas de saúde pública. O tabaco é responsável por 25% de todos os cânceres e causa mais de 8 milhões de mortes anualmente. Apesar disso, a indústria continua a comercializar produtos que alega serem "novos" e "mais seguros", mas que são igualmente prejudiciais à saúde.

A OMS alerta que a indústria do tabaco usa várias estratégias para atrair jovens, como o uso de mentol, cigarros eletrônicos aromatizados e designs atraentes. Essas táticas obscurecem os efeitos nocivos desses produtos na saúde.

A campanha "Parem as Mentiras" é um passo crucial na luta contra os danos causados pela indústria do tabaco, não apenas em termos de saúde pública, mas também em relação a questões ambientais, saúde mental e trabalho infantil. É imperativo que continuemos a apoiar iniciativas como essa para garantir um futuro mais saudável e seguro para as gerações vindouras.



Estar atualizado sobre as últimas descobertas e inovações nas ciências médicas faz sentido pra você? Se sim, inscreva-se em nossa newsletter e receba nossos conteúdos diretamente em sua caixa de e-mail!





Leia também: 


Referência: 

Nações Unidas. (2023, Novembro). [Campanha alerta para táticas da indústria do tabaco para influenciar políticas de saúde]. ONU News. Recuperado de https://news.un.org/pt/story/2023/11/1823497







Denunciar publicação
    000

    Indicados para você