[ editar artigo]

Doutor, como estão as suas apresentações?

Doutor, como estão as suas apresentações?

Doutor, como estão as suas apresentações?

Quase todo médico terá que fazer uma apresentação profissional uma vez na vida. Pode ser que seja para apresentar um trabalho em um congresso, dar aulas, ou mesmo para motivar a sua equipe dentro do consultório. Porém esse é uma habilidade que a gente aprende e exercita pouco durante a nossa formação médica.  Como eu gosto muito de fazer apresentações e estudo muito sobre o tema, achei que seria interessante compartilhar esse conhecimento aqui no Academia Médica.

Para ajudar a dar dicas sobre o assunto eu fui buscar as estratégias usadas por um dos melhores apresentadores de ideias da história: Steve Jobs. Quem quiser se aprofundar no assunto, recomendo muio o livro The presentation secrets of Steve Jobs. How to be insanely great in front of any audience (escrito por Carmine Gallo - colunista da businessweek.com)

Ela estudou todas as apresentações que o Steve Jobs fez na vida, e percebeu que ele seguia uma estratégia bem definida para criar as apresentações que fizeram história e tornaram a Apple uma das empresas mais rentáveis de todos os tempo.  A receita básica é a seguinte.

  • Crie uma história memorável. Sempre que puder inclua personagens reais ou fictícios ou você mesmo. É importante que a audiência consiga estabeler uma relação pessoal com o tema que você está apresentando e inserir uma história sempre ajuda nesse engajamento.
  • Responda uma pergunta principal: porque eu devo me importar com o que você irá apresentar? Lembre-se que a apresentação não é sobre você é sobre a sua audiência.
  • Deixe a sua mensagem o mais clara possível, evitando jargões, por exemplo. Lembre-se da teoria da simplicidade de Einstein: se você não consegue explicar o conceito, por mais complexo que seja,  de forma simples é porque não entendeu bem o suficiente.
  • Apresente números que façam sentido: específicos, relevantes e bem contextualizados. Usar analogias é uma forma interessante de contextualizar os números. É importante que as pessoas possam comparar os números que você está apresentando com referências que elas já possuem. Por exemplo ao falar da prevalência de uma doença menos conhecida você pode dizer que ela corresponde a um terço dos casos de câncer de mama, assim as pessoas vão ter uma ideia melhor do significado do número que você está mostrando, ou então diga que o números de mortos em decorrência da falta desse tratamento daria para encher 5 Maracanãs.
  • Faça slides visualmente interessantes, e evite a todo custo os famosos bullet points.  Os bulletes fazem com que as pessoas parem de prestar atenção para tomar nota. Sempre que possível inclua imagens interessantes. É sempre melhor fazer uma apresentação com imagens e palavras do que só palavras.
  • Ensaie: grave, peça feedback, tente antecipar as perguntas difíceis.
  • Divirta-se : Aristóteles acreditava que os oradores bem sucedidos tinham paixão pelo seus assuntos.
  • Saber fazer apresentações e expor as suas ideias pode ser a diferença entre o sucesso e o fracasso do seu projeto. Como disse Gregory Berns, neurocientista e professor de psiquiatria em Atlanta.  "Uma pessoa pode ter a melhor ideia do mundo. Se ela não conseguir convencer um número suficiente de pessoas, essa ideia não vai valer nada "

    Lembre-se que existem 3 tipos de formas de aprendizado: Visual, auditiva e cinestésica. Então para a sua mensagem ser fixada por toda a audiência é importante que você pense nesses três tipos de pessoas e ofereça elementos para todos eles. O cinestésico é aquele que aprender fazendo, então sempre que possível inclua demonstrações e atividades "hands-on" na sua apresentações, mesmo que sejam apenas em forma de perguntas.

    Na hora se se apresentar, atente-se para a sua linguagem corporal. É importante fazer contato visual com a sua platéia e manter uma postura aberta (Steve Jobs, por exemplo, raramente cruzava os braços durante as suas apresentações). Use suas mãos, gesticule e mostre entusiamos. E jamais cometa o "pecado mortal" de ler os seus slides ou mesmo as suas anotações durante a sua apresentação.

    Aristóletes, um dos maiores oradores de todos os tempos também propôs um roteiro básico para apresentar um argumento de forma persuasiva:

    1. Conte uma história que chame a atenção da sua audiência.
    2. Coloque o problema que precisa ser resolvido
    3. Ofereça uma solução para esse problema
    4. Descreva os benefícios da solução proposta
    5.Diga o que você quer que a sua adiência faça, ou seja, que mudança de comportamento a sua apresentação busca? Mudar uma conduta médica? Vender um produto? Não importa, diga para a sua audiência o que você quer que ela faça com a informação que você acabou de passar.

    Muitas vezes não temos o luxo de poder fazer uma apresentação formal em um palco iluminado para uma plateia atenciosa. Na verdade estamos vendendo as nossas ideias e os nossos projetos o tempo inteiro. Aqui no Vale do Silício é muito comum ouvirmos o termo "elevator pitch". O que significa isso?  Traduzindo literalmente como jogada do elevador o conceito é você conseguir resumir a sua ideia no tempo que caberia durante um encontro casual com alguém no elevador. Ou seja, não mais do que 1 minuto. É importante então que você tenha na ponta da língua a sua mensagem, com as respostas para as seguintes perguntas:

    1) O que você , sua empresa ou seu projeto faz?
    2) Qual o problema que vc está solucionando?
    3) Qual o seu diferencial?
    4) Por que eu devo me importar?

    É importante lembrar que mesmo no mais formal dos eventos, sua audiência ira se cansar depois de 10 minutos. É do cérebro humano, nos distraímos e ficamos entediados depois desse período. Se a sua apresentação vai durar mais do que isso intercale outras estratégias: use videos, convide outro palestrante, inclua demonstrações, proponha um debate, etc.

    Por fim não se esqueça uma boa apresentação possui três componentes básicos: ela informa, educa e entretem.

    Existem algumas ferramentas online que podem ajudá-lo nessa tarefa. Vou listá-las aqui para servirem como referências:

    Espero que a sua próxima apresentação seja um sucesso! Depois venha contar para nós aqui nos comentários.

    Academia Médica
    Renata Velloso Seguir

    Ler matéria completa
    Indicados para você