[ editar artigo]

Ofício: Médico

Ofício: Médico

Imaginem … 
Corpos doentes obedecendo seus mandamentos.
Respostas serenas e incisivas para circunstâncias adversas.
Nada a perder ou a esconder.
Sempre dizendo a verdade sem levar em conta o preço a pagar.
Suficientemente seguro para expor suas emoções e revelar o quão frágil é.
Amando a todos, servindo a maioria e treinando poucos.
Sua maior força o seu amor pelas pessoas, colocando como seu maior objetivo o amor e não o poder.
Com uma vida equilibrada cuidando de si próprio, de sua família e de outras pessoas.
Atenciosos e competentes, sendo felizes e saudáveis.

Mas algumas vezes não vivemos nesse mundo imaginário onde tudo se encaixa e é perfeito.
Alguns médicos não têm tempo ou o cuidado tão necessário com o paciente, alguns estão mais interessados em dizer o que sabem em vez de deixarem o paciente expressar suas preocupações.
Algumas vezes os pacientes são mais um número de identificação, mais um rosto embaçado em de que não se lembrarão trinta minutos depois.
Muitas experiências decepcionantes em salas frias e sem vida.

Como você tem feito seus pacientes se sentirem ?

Existem médicos  que farão o possível para ajudarem  e compreenderem   porém existem aqueles médicos que estão apenas circulando.
Não temos uma lâmpada mágica em nossas mãos, mas temos que usar nossas próprias habilidades e esforços para sermos e formarmos bons médicos que queremos e precisamos.
É isso é uma responsabilidade incrível!!!

Feliz dia do Médico!

Mais textos da Dra. Cristina Veloso


Quer escrever? Siga o passo a passo e seja um escritor da Academia Médica


 

Academia Médica
Ler conteúdo completo
Indicados para você