Academia Médica
Academia Médica
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
VOLTAR

Transtorno bipolar ou depressão? Exame de sangue desenvolvido na França visa facilitar o diagnóstico

Transtorno bipolar ou depressão? Exame de sangue desenvolvido na França visa facilitar o diagnóstico
Janine Diniz Fortuna
jan. 20 - 3 min de leitura
000

Pesquisadores e médicos franceses desenvolveram recentemente um exame de sangue para distinguir pacientes com distúrbio bipolar de pacientes com depressão. 

 A Doença Bipolar, tradicionalmente designada Doença Maníaco-Depressiva, é uma doença psiquiátrica caracterizada por variações acentuadas do humor, com crises repetidas de depressão e "mania". Qualquer dos dois tipos de crise pode predominar numa mesma pessoa, sendo a sua frequência bastante variável.

Diagnóstico tardio da doença bipolar 

O transtorno bipolar geralmente aparece entre os 15 e 25 anos de idade e persiste ao longo da vida. No entanto, os pacientes são frequentemente penalizados por um diagnóstico tardio. Além disso, os sintomas desta doença psiquiátrica são frequentemente confundidos com os da depressão, como explica a Fundação FondaMental.

"Estima-se que uma média de 10 anos decorre entre um primeiro episódio e a introdução de um tratamento adequado". Este lapso de tempo é devido à falta de conhecimento da doença por parte dos médicos, que muitas vezes associam os sintomas da bipolaridade com os da depressão. Como resultado, 40% das pessoas deprimidas podem realmente sofrer de bipolaridade sem serem diagnosticadas", explica a organização.

Em um estudo publicado em 2021, o Professor Dr. Raoul Belzeaux, psiquiatra do Hospital Universitário de Montpellier CHU, junto com pesquisadores e médicos da Fundação FondaMental,  desenvolveu um exame de sangue para diferenciar as duas doenças psiquiátricas. O principal objetivo foi identificar biomarcadores sanguíneos que possam diferenciar os pacientes que sofrem de depressão daqueles acometidos por distúrbio bipolar quando estão passando por um episódio depressivo. Um exame de sangue para diferenciar o transtorno bipolar do transtorno depressivo.

No estudo, os pesquisadores observaram dados clínicos e amostras de sangue dos dois casos, incluindo voluntários com um episódio depressivo em transtorno bipolar e participantes com depressão. De acordo com seus resultados, a detecção e medida de citocinas no sangue, um biomarcador inflamatório, foi capaz de diferenciar um paciente com distúrbio bipolar de um paciente com distúrbio depressivo. Entretanto, o exame de sangue só pode ser realizado após um diagnóstico de depressão por um médico. 

Agora, é necessário um ensaio clínico para verificar a eficácia do exame de sangue, mas se os resultados forem positivos, o exame poderá, no futuro, ser incluído na lista de exames autorizados e reembolsados pelo sistema de seguro saúde na França.

O assunto foi tema de matéria divulgada na França em 19 de janeiro 2023.

Referências:

https://www.fondation-fondamental.org/les-maladies-mentales/les-troubles-bipolaires/la-maladie

https://www.pourquoidocteur.fr/index.php?op=ArticleFront&action=showArticle&id=42009

Leia também:

Mulheres com autismo estão mais sujeitas a desenvolver ansiedade e depressão na gravidez

Ouvir o canto dos pássaros faz bem à saúde mental

Janeiro Branco visa conscientizar sobre importância dos cuidados com a saúde mental

Nozes podem amenizar sintomas de estresse e depressão

Influência do gênero na saúde mental. A dificuldade dos homens em procurar ajuda



Denunciar publicação
    000

    Indicados para você