[ editar artigo]

Como combater o estresse e viver melhor

Como combater o estresse e viver melhor

O estresse é uma resposta fisiológica a pressões ambientais, no qual o corpo busca ficar alerta e ativo para uma eventual resposta rápida e precisa. Ele está presente nos outros animais e é um item essencial na busca pela sobrevivência. No entanto, a cronificação do estresse pode ser patológica e levar a desordens físicas, mentais e emocionais. O dia 22 de setembro foi escolhido como o Dia Mundial de Combate ao Estresse, como forma de divulgar a importância do manejo adequado do estresse e como forma de conscientizar sobre os perigos do estresse prolongado na saúde.

De acordo com o International Stress Management  Association (ISMA), o Brasil ocupa o segundo lugar no ranking de países mais estressados do mundo, perdendo apenas para o Japão. No estado de estresse, o organismo aumenta a liberação de cortisol e adrenalina (conhecido hormônio pelo mecanismo de "luta ou fuga") na corrente sanguínea, que, em longo prazo, tem repercussões como queda de imunidade, aumento da pressão arterial e frequência cardíaca, dificuldade de memorização e concentração e até diminuição da libido. Também podem ocorrer mudanças no padrão alimentar (desde se alimentar excessivamente e de alimentos muito calóricos e não saudáveis ou até perda de apetite), distúrbios de sono como insônia, abuso de substâncias, além de sintomas depressivos/ansiosos e até Síndrome de Burnout. 

Desta forma, estratégias para lidar com o estresse são fundamentais para a manutenção de uma boa qualidade de vida. Confira abaixo uma lista de sugestões para a mitigar o estresse:

  • Separar horários para lazer e interação com família e amigos ao longo da semana;
  • Diminuir o tempo de exposição às redes sociais;
  • Organizar seus afazeres de forma a evitar acúmulo de tarefas urgentes;
  • Fazer planejamento financeiro;
  • Evitar exposição a telas por pelo menos 1 hora antes de dormir (a chamada higiene do sono);
  • Ter uma alimentação saudável e equilibrada;
  • Praticar exercícios físicos regulares e ter contato com a natureza;
  • Buscar ajuda psicológica e/ou psiquiátrica caso os sintomas piorem (ou antes).

Qual outra sugestão você tem para aliviar o estresse do dia a dia? Conte para nós!

 

Referências:

Meier JK, Weymar M, Schwabe L. Stress Alters the Neural Context for Building New Memories. J Cogn Neurosci. 2020 Dec;32(12):2226-2240. doi: 10.1162/jocn_a_01613. Epub 2020 Aug 7. PMID: 32762518.

Braun-Lewensohn O, Mayer CH. Salutogenesis and Coping: Ways to Overcome Stress and Conflict. Int J Environ Res Public Health. 2020 Sep 13;17(18):6667. doi: 10.3390/ijerph17186667. PMID: 32933161; PMCID: PMC7557564.

Start living, stop stressing. ISMA. Disponível em https://isma.org.uk/sites/default/files/clients/413/ISMA-Start-Living-Stop-Stressing-A5-leaflet-%5BF%5D.pdf

 

Artigos relacionados:

Academia Médica
O que a faculdade esquece de falar!
O que a faculdade esquece de falar! Seguir

Página da redação da Academia Médica para divulgar atualizações pertinentes aos médicos, acadêmicos de medicina e profissionais de saúde.

Ler conteúdo completo
Indicados para você