[ editar artigo]

Livro com download gratuito aborda aspectos subjetivos ligados à saúde do trabalhador

Livro com download gratuito aborda aspectos subjetivos ligados à saúde do trabalhador

Ser uma ferramenta pedagógica que facilite o diálogo em torno de diversas questões que envolvem a saúde do trabalhador, auxiliando para que ela não seja negligenciada em prol de taxas de produtividade. Este é o objetivo do livro “Trabalho Ilustrado – Uma Crítica Bem-Humorada às Empresas Contemporâneas e ao Mundo do Trabalho”, organizado pelo engenheiro e fisioterapeuta Raoni Rocha, que tem mestrado na área de Psicologia e é professor da Universidade Federal de Ouro Preto (MG), desenvolvendo pesquisas na área de trabalho humano.

Recém-lançada pela Editora Ramalhete, a obra teve apoio do Ministério Público do Trabalho (MPT) e tem download gratuito. Em quinze capítulos, traz textos variados de 22 autores, entre eles engenheiros e profissionais da área da saúde. Para ser elaborado, também contou com a participação de alunos do curso de Engenharia de Saúde e Segurança da UNIFEI (Universidade Federal de Itajubá), que identificaram e roteirizaram algumas situações cotidianas percebidas em ambientes de trabalho.

“Muitas vezes, quando falamos em saúde do trabalhador, nos prendemos a normas técnicas e regulamentadoras. Essas normas são fundamentais e geralmente resultantes de anos de pesquisa, mas não dão conta de tudo. A saúde do trabalhador envolve questões muito mais amplas e muitas vezes ligas ao campo da subjetividade, como relações interpessoais, engajamento, valores organizacionais e princípios pessoais. Através do livro, tentamos abordar tudo isso através da arte e de forma bem humorada” comenta Raoni.

Entre os vários capítulos do livro, um específico, escrito pela psicóloga Renata Wey Berti Mendes, aborda a realidade dos trabalhadores que atuam em empresas de beneficiamento de granito. A poeira do granito é responsável por uma doença pulmonar grave e irreversível chamada de silicose, que resulta em fibrose pulmonar e dificulta a respiração do paciente.

Outro capítulo, escrito pela fisioterapeuta Adelaide Nascimento, ganhou como título “ Saúde do trabalhador: a dor e a delícia do mundo do trabalho”. Ele reflete sobre o fato de que o trabalho pode tanto ser um promotor da saúde quanto um perigo à saúde, sendo inclusive uma causa de morte.

Um dos textos finais que integram a obra, “Um me (ar)risco psicossocial”, do médico e psicanalista Laerte Idal Szelwar, trata especificamente de questões ligadas á saúde mental, falando dos riscos relacionados ao desenvolvimento pessoal e profissional.

Para fazer o download gratuito do livro, clique aqui.

Leia também: 

O que o Dia Mundial de Combate ao Agrotóxico tem a ver com a Medicina? 

Saúde do Trabalhador: Ministério da Saúde divulga boletim temático sobre o assunto 

Exposição ao chumbo causa modificações no genoma mesmo em baixas

Cultura corporativa: entre o funcionário eficiente, o colaborador explorado 

"Doutor, tenho direito de ir a consulta médica durante o expediente?"

Academia Médica
O que a faculdade esquece de falar!
O que a faculdade esquece de falar! Seguir

Página da redação da Academia Médica para divulgar atualizações pertinentes aos médicos, acadêmicos de medicina e profissionais de saúde.

Ler conteúdo completo
Indicados para você