Academia Médica
Academia Médica
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
VOLTAR

Novo medicamento reduz em 26% triglicerídeos de pessoas com diabetes tipo 2

Novo medicamento reduz em 26% triglicerídeos de pessoas com diabetes tipo 2
Academia Médica
nov. 14 - 3 min de leitura
000


Nesta segunda-feira (14), uma série de ações são realizadas em função do Dia Mundial da Diabetes, que tem como foco a prevenção e o diagnóstico da doença. Diversas terapias e abordagens são adotadas no tratamentos e inúmeras pesquisas são realizadas, em diversas partes do mundo, com o intuito de melhorar a qualidade de vida dos pacientes.

Recentemente, um novo medicamento, intitulado Pemafibrato, foi apresentado como bastante promissor em uma pesquisa científica apresentada no evento American Heart Association's Scientific Sessions 2022. Ele reduziu em 26% os níveis de triglicerídeos entre adultos com diabetes tipo 2. Apesar do bom resultado, não foi verificada diminuição nas taxas de risco de eventos cardiovasculares.

Entre março de 2017 e setembro de 2020, participaram do estudo cerca de 10.500 adultos com triglicerídeos altos, HDL baixo, diabetes tipo 2 e média de idade de 64 anos em 24 países. Um quarto dos participantes eram mulheres, 20% eram adultos hispânicos e 3% negros. Quase todos tomavam uma estatina para baixar o colesterol. Eles foram divididos em dois grupos, sendo que um recebeu Pemafibrato e outro placebo por um período médio de três anos consecutivos.

Ao final do estudo, além da constatação de que o Pemafibrato era capaz de reduzir os níveis de triglicerídeos em comparação com o placebo, foi verificado que um em cada dez participantes do estudo, em ambos os grupos, teve ataque cardíaco, derrame, artérias bloqueadas que necessitaram de tratamento ou morreram de doença cardiovascular. Durante os ensaios, o medicamento também foi associado a aumento no colesterol LDL.

Segundo a American Heart Association, o diabetes tipo 2 causou mais de 1,6 milhão de mortes em todo o mundo no ano de 2020. O Brasil, de acordo com informação publicada pela Agência Brasil, é o sexto país em incidência de diabetes no mundo e o primeiro na América Latina. No país, são cerca de 15,7 milhões de pessoas adultas com a condição. A estimativa é que, até 2045, a doença alcance 23,2 milhões de adultos brasileiros.

Referência:

A Randomized Trial ofPemafibrate for Triglyceride Reduction in the Prevention of CardiovascularDisease

Leia também:


10% das mortes prematuras e evitáveis no Brasil poderiam ser poupadas com alimentação saudável

Benefícios da alimentação com restrição de tempo aliada a exercício de alta intensidade no controle glicêmico a longo prazo

Cinco novos medicamentos para diabetes e doenças cardiovasculares incorporados ao programa Farmácia Popular

Diabetes é o principal fator de risco para mortes por doenças cardiovasculares no Brasil

Estudo da Fiocruz Bahia mostra que medicamento para diabetes pode auxiliar no tratamento da leishmaniose cutânea






Denunciar publicação
    000

    Indicados para você