[ editar artigo]

Sociedade Brasileira de Infectologia publica nota de esclarecimento sobre vacina e HIV

Sociedade Brasileira de Infectologia publica nota de esclarecimento sobre vacina e HIV

O Comitê de HIV/AIDS da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) publicou em 23 de outubro de 2021 uma Nota de Esclarecimento a respeito do comentário feito pelo presidente Jair Bolsonaro em sua tradicional live em uma rede social na última quinta-feira, dia 21/10. Bolsonaro leu uma suposta notícia de que relatórios oficiais do governo britânico sugerem que indivíduos completamente imunizados estariam desenvolvendo a síndrome de imunodeficiência adquirida "muito mais rápido que o previsto". Esta live ocorreu um dia após a leitura do relatório final da CPI da COVID-19, a qual pediu seu indiciamento por nove crimes durante a pandemia.

A nota da entidade esclarece que "Não se conhece nenhuma relação entre qualquer vacina contra a COVID-19 e o desenvolvimento da síndrome da imunodeficiência adquirida".

Além disso, a SBI destacou que pessoas que vivem com HIV/aids devem ser completamente vacinados contra a doença. Afirma ainda que está liberada a dose de reforço para todos aqueles que tenham recebido a segunda dose há pelo menos 28 dias.

Por fim, a SBI reitera que repudia notícias falsas que façam menção a esta associação.

 

Referências:

Nota de Esclarecimento 23 de outubro de 2021 - Sociedade Brasileira de Infectologia. Disponível em https://drive.google.com/file/d/1OxCsDRFus-kmeUc18roeldhnS4Iir42I/view

 

Artigos relacionados:

 

Academia Médica
O que a faculdade esquece de falar!
O que a faculdade esquece de falar! Seguir

Página da redação da Academia Médica para divulgar atualizações pertinentes aos médicos, acadêmicos de medicina e profissionais de saúde.

Ler conteúdo completo
Indicados para você