[ editar artigo]

Anvisa alerta sobre precipitação com relação à flexibilização dos protocolos contra COVID-19

Anvisa alerta sobre precipitação com relação à flexibilização dos protocolos contra COVID-19

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) destaca a importância do uso das máscaras faciais, apesar de governos estaduais e alguns municípios discutirem a suspensão do uso obrigatório.

As novas regras de flexibilização do uso de máscaras em lugares abertos, além da possibilidade de retomada das viagens de cruzeiros marítimos pela costa brasileira não podem estimular o descuido quanto aos hábitos adquiridos durante a pandemia, como não aglomerar, higienizar as mãos e usar as máscaras.

Apesar da vacinação estar ocorrendo como o previsto e o taxa de mortalidade e novos casos estarem diminuindo a cada dia, não significa que a pandemia acabou. A flexibilização ou a suspensão do conjunto de medidas de prevenção pode ser muito precipitado, segundo o diretor da Anvisa. A retomada das atividades socioeconômicas não pode ser confundida com o fim total da pandemia. O momento é de alerta e precaução e para que tudo volte completamente ao normal, é necessário manter os protocolos nesse momento, visto que ainda não houve a total extinção da COVID-19.

Para a Anvisa, as vacinas e os protocolos de segurança são a composição ideal para surtir o efeito esperado. Liberar o uso de máscaras e demais ações de prevenção pode ser precipitado, apesar da significativa redução dos números da pandemia, também não podemos esquecer do surgimento das variantes, o que de forma alguma deve diminuir o otimismo sobre os acontecimentos futuros em relação à imunidade global.

Leia mais

Referência

Agência Brasil. Diretoria da Anvisa defende uso de máscaras faciais. Acesso em: https://agenciabrasil.ebc.com.br/saude/noticia/2021-10/diretoria-da-anvisa-defende-uso-de-mascaras-faciais

 

Academia Médica
O que a faculdade esquece de falar!
O que a faculdade esquece de falar! Seguir

Página da redação da Academia Médica para divulgar atualizações pertinentes aos médicos, acadêmicos de medicina e profissionais de saúde.

Ler conteúdo completo
Indicados para você