[ editar artigo]

Anvisa aprova CoronaVac para crianças acima de 6 anos

Anvisa aprova CoronaVac para crianças acima de 6 anos

Em reunião extraordinária, a Anvisa (Agência Nacional da Vigilância Sanitária) aprovou hoje,20 de janeiro de 2022, por unanimidade, a liberação da vacina CoronaVac para a faixa etária de 6 a 17 anos de não imunocomprometidos. A CoronaVac é, agora, a 2ª vacina contra a COVID-19 autorizada para menores de idade no Brasil. 

No caso da CoronaVac, a dose para crianças é a mesma dos adultos. A área técnica da agência indica  que o produto deve ser aplicado também em duas doses, com intervalo de 2 a 4 semanas. A Anvisa se respaldou em estudos conduzidos no Chile, país no qual a aplicação desta vacina em crianças já ocorre, e pesquisas feitas sob coordenação da China em cinco países (Chile, Malásia, Filipinas, Turquia e África do Sul).

Em agosto de 2021, a Anvisa havia rejeitado o 1º pedido de uso em menores de idade por considerar os dados clínicos insuficientes. Em dezembro, o Instituto solicitou novamente a liberação. O pedido contemplava a faixa de 3 a 17 anos, mas a equipe técnica da Anvisa indicou lacunas nos estudos de efetividade e segurança para a população de 3 a 5 anos de idade e em imunocomprometidos.

Além dos dados fornecidos pelo Instituto Butantan, um parecer conjunto de três sociedades médicas - Pediatria, Imunizações e Infectologia foi levado em consideração pela área técnica da Anvisa.

Nesta semana, o Ministro da Saúde Marcelo Queiroga afirmou que a pasta compraria a vacina CoronaVac para crianças e jovens de 3 a 17 anos uma vez que fosse aprovada pela Anvisa. Segundo o Butantan, há 12 milhões de imunizantes prontos à disposição do governo.

 

 

 

Artigos relacionados:

 

Academia Médica
O que a faculdade esquece de falar!
O que a faculdade esquece de falar! Seguir

Página da redação da Academia Médica para divulgar atualizações pertinentes aos médicos, acadêmicos de medicina e profissionais de saúde.

Ler conteúdo completo
Indicados para você