[ editar artigo]

Apenas 52% dos países cumprem a meta dos programas de promoção e prevenção da saúde mental

Apenas 52% dos países cumprem a meta dos programas de promoção e prevenção da saúde mental

A organização mundial da saúde (OMS) anunciou hoje (08/11/2021) uma triste estatística: apenas 52% dos seus estados membros relataram que suas políticas ou planos de saúde mental estão em sintonia com as metas de programas de promoção e prevenção em saúde mental.

Os dados foram apresentados no Atlas de Saúde Mental da OMS que conta com dados de 171 países e fornece uma indicação clara de que a maior atenção dada à saúde mental nos últimos anos ainda não resultou em um aumento de escala de serviços mentais de qualidade que esteja alinhado com as necessidades dos pacientes e sistemas de saúde.

“É extremamente preocupante que, apesar da necessidade evidente e crescente de serviços de saúde mental, que se tornou ainda mais evidente durante a pandemia da COVID-19, as boas intenções não estejam sendo atendidas com investimentos”, disse o Dr. Tedros Adhanom Ghebreyesus, Diretor-Geral  da Organização Mundial de Saúde.

Embora a descentralização sistemática da atenção à saúde mental para ambientes de atenção primária tenha sido recomendada há muito tempo pela OMS, apenas 25% dos países respondentes preencheram todos os critérios para integração da saúde mental na atenção primária.  Apesar do progresso no treinamento e supervisão na maioria dos países, o fornecimento de medicamentos para problemas de saúde mental e atenção psicossocial nos serviços de atenção primária à saúde permanece limitado. O que acaba por sobrecarregar as assistências secundária e terciária.

As estimativas globais de pessoas que recebem cuidados para problemas de saúde mental específicos (usado como um proxy para cuidados de saúde mental como um todo) permaneceram abaixo de 50%, com uma mediana global de 40% das pessoas com depressão e apenas 29% das pessoas com psicose recebendo  Cuidado.

Esses dados nos mostram que apesar da preocupação crescente com a saúde mental impulsionada pela pandemia ainda temos um longo caminho para trilhar na prevenção, promoção e cuidado pleno na saúde mental de todos. Não teremos saúde plena, se continuarmos negligenciando a saúde mental.

Conteúdo relacionado

Referência

WHO Report Highlights Global Shortfall in Investment in Mental Health. <https://www.who.int/news/item/08-10-2021-who-report-highlights-global-shortfall-in-investment-in-mental-health>.  Acesso em  8 de outubro de 2021.

 

Academia Médica
O que a faculdade esquece de falar!
O que a faculdade esquece de falar! Seguir

Página da redação da Academia Médica para divulgar atualizações pertinentes aos médicos, acadêmicos de medicina e profissionais de saúde.

Ler conteúdo completo
Indicados para você