[ editar artigo]

COVID-19: Prevenção e controle nas escolas - Introdução e objetivos

COVID-19: Prevenção e controle nas escolas - Introdução e objetivos

Este texto é parte do documento Principais mensagens e ações para COVID-19 - Prevenção e Controle nas Escolas (Key Messages and Actions for COVID-19 - Prevention and Control in Schools) publicado pela Federação Internacional da Cruz Vermelha (IFRC), o UNICEF e a Organização Mundial da Saúde (OMS) e fornece considerações críticas e listas de verificação práticas para manter as escolas seguras. 

Clique nos links a seguir para ler a tradução livre dos demais capítulos da publicação. Quer acessar o documento na íntegra? Clique aqui.

  1. FATOS SOBRE COVID-19
  2. INTRODUÇÃO (Leia abaixo)
  3. ADMINISTRADORES ESCOLARES, PROFESSORES E PESSOAL
  4. PAIS / CUIDADORES E MEMBROS DA COMUNIDADE
  5. ALUNOS E CRIANÇAS

 


INTRODUÇÃO

O surto de doença por coronavírus (COVID-19) foi declarado Emergência de Saúde Pública de Interesse Internacional (PHEIC) e o vírus agora se espalhou para muitos países e territórios. Embora ainda não se saiba muito sobre o vírus que causa o COVID-19, sabemos que ele é transmitido através do contato direto com gotículas respiratórias de uma pessoa infectada (gerada pela tosse e espirros). Os indivíduos também podem ser infectados por tocar superfícies contaminadas com o vírus e tocar suas faces (por exemplo, olhos, nariz, boca). Enquanto o COVID-19 continua a se espalhar, é importante que as comunidades tomem medidas para evitar mais transmissões, reduzir os impactos do surto e apoiar medidas de controle.

A proteção de crianças e instalações educacionais é particularmente importante. São necessárias precauções para evitar a possível propagação do COVID-19 nos ambientes escolares; no entanto, é preciso também tomar cuidado para evitar estigmatizar estudantes e funcionários que possam ter sido expostos ao vírus. É importante lembrar que o COVID-19 não diferencia fronteiras, etnias, status de incapacidade, idade ou gênero. As configurações educacionais devem continuar sendo ambientes acolhedores, respeitosos, inclusivos e de apoio a todos. As medidas tomadas pelas escolas podem impedir a entrada e a disseminação do COVID-19 por estudantes e funcionários que possam ter sido expostos ao vírus, minimizando as interrupções e protegendo os alunos e funcionários da discriminação.

Objetivo

Hoje, crianças e jovens são cidadãos globais, poderosos agentes de mudança e a próxima geração de cuidadores, cientistas e médicos. Qualquer crise apresenta a oportunidade de ajudá-los a aprender, cultivar compaixão e aumentar a resiliência enquanto construímos uma comunidade mais segura e atenciosa. Ter informações e fatos sobre o COVID-19 ajudará a diminuir os medos e ansiedades dos alunos em relação à doença e apoiará sua capacidade de lidar com quaisquer impactos secundários em suas vidas. Esta orientação fornece mensagens e considerações importantes para envolver os administradores da escola, professores e funcionários, pais, responsáveis ​​e membros da comunidade, bem como as próprias crianças na promoção de escolas seguras e saudáveis.

O objetivo deste documento é fornecer orientação clara e acionável para operações seguras por meio da prevenção, detecção precoce e controle do COVID-19 em escolas e outras instalações educacionais. A orientação, embora específica para países que já confirmaram a transmissão do COVID-19, ainda é relevante em todos os outros contextos. A educação pode incentivar os alunos a se tornarem defensores da prevenção e controle de doenças em casa, na escola e na comunidade, conversando com outras pessoas sobre como evitar a propagação de vírus. Manter operações escolares seguras ou reabrir escolas após o fechamento exige muitas considerações, mas, se bem executadas, podem promover a saúde pública.

 

Para continuar lendo a sequência do documento, clique aqui.

 


Leia também!

 


Quer escrever?

Publique seu artigo na Academia Médica e faça parte de uma comunidade crescente de mais de 145 mil médicos, acadêmicos, pesquisadores e profissionais da saúde. Clique no botão "NOVO POST" no alto da página!

Global Health League

Academia Médica
Juliana Karpinski
Juliana Karpinski Seguir

Community Manager na Academia Médica, jornalista por formação e designer por paixão, cursa especialização em Gestão Estratégica e é acadêmica de Medicina na Universidade Federal do Paraná.

Ler conteúdo completo
Indicados para você