[ editar artigo]

Peguei COVID-19 ou não? Eis a questão!

Peguei COVID-19 ou não? Eis a questão!

 

No início de 2022, os casos da variante Ômicron cresceram muito no Brasil (1), a ponto que cada um conhecia pelo menos 1 pessoa que estava infectado com o vírus. Para muitos havia e ainda há a dúvida: Fui infectado pelo vírus ou não? 

A resposta para essa dúvida se encontra nos testes sorológicos, feitos com amostra de sangue e que demonstram a presença de anticorpos IgM e/ou IgG, para saber se houve uma resposta recente ou tardia contra o COVID-19. Entretanto, a presença de anticorpos não significa proteção contra infecção ou doença, demonstra apenas a evidência de exposição ao COVID-19 por infecção natural ou por vacinação, ou ainda exposição a outros tipos de coronavírus.

Consoante o veículo Medical Express(2), esses testes são melhores para entender o risco que cada pessoa está sendo submetida diariamente. Pois, de acordo com especialistas, é pouco provável que haja reinfecção da mesma cepa de SARS-CoV-2 após 1 e 2 meses de uma infecção. Baseando-se na sorologia, a pessoa saberá então se poderá amenizar os cuidados pessoais contra o covid ou se poderá amenizar esse cuidado. 

Além disso, há dúvidas sobre se um caso leve da ômicron, com poucos ou nenhum sintoma, gera imunidade suficiente para proteger o indivíduo contra uma reinfecção(2). Uma vez que a produção de anticorpos varia de pessoa para pessoa e a quantidade necessária para combater o vírus também varia individualmente, a Food and Drug Administration (FDA) não recomenda que as sorologias sirvam como teste de nível de imunidade para cada um(2). Entretanto, a cientista Melissa Hill, do laboratório Ethos em Newport - Kentucky, empresa que vende auto testes sorológicos, afirma que a testagem pode ser apenas mais uma ferramenta para o paciente tomar a sua própria decisão referente aos seus cuidados contra o vírus(2). 

 

Artigos relacionados

 

Referências

  1. Médicos explicam os motivos para o crescimento da variante Ômicron no Brasil, Fev 2022. Disponível em https://www.cnnbrasil.com.br/saude/medicos-explicam-os-motivos-para-o-crescimento-da-variante-omicron-no-brasil/ 

  2. So you think you had COVID during the omicron wave but aren't sure. You still have ways to find out. Fev 2022. Disponível em: https://medicalxpress.com/news/2022-02-covid-omicron-ways.html 

 

 

Coronavirus | COVID-19

Academia Médica
O que a faculdade esquece de falar!
O que a faculdade esquece de falar! Seguir

Página da redação da Academia Médica para divulgar atualizações pertinentes aos médicos, acadêmicos de medicina e profissionais de saúde.

Ler conteúdo completo
Indicados para você