[ editar artigo]

A culpa é da melatonina: jantar tarde pode aumentar o risco de Diabetes mellitus tipo 2

A culpa é da melatonina: jantar tarde pode aumentar o risco de Diabetes mellitus tipo 2

Jantar perto da hora de dormir, quando os níveis endógenos de melatonina estão altos, está associado à diminuição da secreção de insulina e diminuição da tolerância à glicose, o que aumenta o risco de diabetes tipo 2, de acordo com um estudo publicado em 10 de janeiro de 2022 no periódico Diabetes Care, da American Diabetes Association. Além disso, pacientes portadores do alelo G do gene do receptor de melatonina-1b (MTNR1B) têm maior comprometimento na tolerância à glicose depois de comer um jantar tardio.

Os pesquisadores simularam o horário do jantar cedo e tarde administrando uma bebida com glicose e compararam os efeitos no controle do açúcar no sangue por 2 horas em pacientes espanhóis, que culturalmente jantam mais tarde, de forma cruzada e randomizada. O estudo também comparou os resultados em portadores e não portadores da variante do alelo G do gene MTNR1B. 

Cada participante (n = 845) foi submetido a dois testes de tolerância à glicose oral de 75 g de 2 horas à noite após um jejum de 8 horas: uma condição precoce agendada 4 h antes da hora habitual de dormir e uma condição tardia agendada 1 h antes do horário habitual de dormir, simulando, assim, um horário de jantar mais cedo e mais tarde, respectivamente. As diferenças nas respostas pós-prandiais de glicose e insulina entre o horário do jantar precoce e tardio foram determinadas usando a área incremental sob a curva (AUC) calculada pelo método trapezoidal.

A conclusão dos autores foi que comer tarde perturbou o controle de glicemia em todos os pacientes. A concomitância de altos níveis de melatonina endógena e a ingestão de carboidratos, típica da alimentação tardia, prejudica a tolerância à glicose, especialmente em portadores do alelo G de risco MTNR1B , atribuível a defeitos na secreção de insulina.

As descobertas são aplicáveis, de acordo com os autores do estudo, ​​a cerca de um terço da população do mundo industrializado que consome alimentos perto da hora de dormir e outras populações que comem à noite, incluindo trabalhadores em turnos, ou aqueles que sofrem de jetlag ou distúrbios alimentares noturnos, bem como aqueles que rotineiramente usam suplementos de melatonina perto da ingestão de alimentos.

Os resultados sugerem que as pessoas não devem comer dentro de 2 horas antes de dormir. A melatonina, um hormônio liberado principalmente à noite que ajuda a controlar o ciclo sono-vigília, geralmente aumenta cerca de 2 horas antes de dormir, explicam os pesquisadores.

A descoberta do MTNR1B como um gene associado ao diabetes tipo 2 “sugere que além do sono e da regulação circadiana, a melatonina desempenha um papel fundamental no metabolismo da glicose”, observam.

No entanto, se a melatonina melhora ou prejudica o controle da glicose é controverso, e o efeito dos genótipos MTNR1B no controle da glicose não está claro.

O estudo não inclui pacientes com diabetes, portanto, estudos adicionais são necessários para examinar o impacto do tempo de alimentação e sua ligação com a melatonina e a variação do receptor em pessoas com esta condição.

Artigos relacionados

 

Referências

1.Marta Garaulet, Jesus Lopez-Minguez, Hassan S. Dashti, Céline Vetter, Antonio Miguel Hernández-Martínez, Millán Pérez-Ayala, Juan Carlos Baraza, Wei Wang, Jose C. Florez, Frank A.J.L. Scheer, Richa Saxena; Interplay of Dinner Timing and MTNR1B Type 2 Diabetes Risk Variant on Glucose Tolerance and Insulin Secretion: A Randomized Crossover Trial. Diabetes Care 2022; dc211314. https://doi.org/10.2337/dc21-1314. Disponível em https://diabetesjournals.org/care/article-abstract/doi/10.2337/dc21-1314/139258/Interplay-of-Dinner-Timing-and-MTNR1B-Type-2

Academia Médica
O que a faculdade esquece de falar!
O que a faculdade esquece de falar! Seguir

Página da redação da Academia Médica para divulgar atualizações pertinentes aos médicos, acadêmicos de medicina e profissionais de saúde.

Ler conteúdo completo
Indicados para você