Academia Médica
Academia Médica
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
VOLTAR

Como a motivação e autoconhecimento são cruciais em nossas decisões?

Como a motivação e autoconhecimento são cruciais em nossas decisões?
Academia Médica
set. 19 - 5 min de leitura
000

O impacto do estilo de vida na saúde mental é inquestionável. Como discutido em nossa publicação anterior na Academia Médica, intitulada "Decisões Diárias: O poder do estilo de vida na saúde mental", é essencial ter essa consciência. No entanto, com isso em mãos, ou melhor, em nossa compreensão, o próximo passo é agir.

Então, a questão é: O que você escolhe fazer hoje para assegurar as mudanças que tanto deseja, buscando maior satisfação e qualidade de vida? Compreender nossos 'Porquês' pode ser o primeiro passo!

A motivação, frequentemente descrita como a faísca que impulsiona a ação, varia em sua origem e natureza. Em geral, pode ser categorizada em dois tipos principais: intrínseca e extrínseca.

A motivação intrínseca é definida pelo impulso interno que leva os indivíduos a agirem sem buscar recompensas externas. Trata-se de um desejo genuíno de se engajar em uma atividade porque ela é, em si, gratificante. Fundamentada na teoria da autodeterminação de Deci & Ryan (1980), essa forma de motivação é impulsionada pelas necessidades humanas de competência, realização e autonomia.

Estudos sugerem que a motivação intrínseca nasce de uma percepção interna de autonomia durante o engajamento em tarefas, indicando que o impulso vem de um sentido inato de realização e domínio.

Em contrapartida, a motivação extrínseca relaciona-se com ações motivadas por recompensas ou incentivos externos. Geralmente orientada por uma análise de custo-benefício, as ações são escolhidas quando os benefícios percebidos superam os custos.

A força motriz da motivação extrínseca provém de recompensas externas, como dinheiro, reconhecimento ou outros incentivos tangíveis. Embora possam ser eficazes em impulsionar a ação, essas motivações são muitas vezes temporárias, desaparecendo assim que a recompensa desejada é alcançada.

Modelos de aprendizado por reforço sugerem que as decisões são tomadas buscando a maior recompensa possível, focando em recompensas que vêm de fora, como prêmios ou elogios. Todavia, tais modelos, embora valiosos, podem não abordar completamente as motivações que emergem de desejos ou sentimentos.

O Autoconhecimento como Bússola

O autoconhecimento, entendido como atenção voltada para si, é fundamental para que as pessoas reconheçam seus sentimentos e crenças internas de maneira profunda. Este não apenas molda nossa resposta a adversidades, mas também amplia nossos recursos cognitivos.

Com essa ampliação, somos mais capazes de controlar nossas reações e emoções perante desafios, consolidando o autoconhecimento como ferramenta essencial na gestão emocional e na sustentação de uma saúde mental estável. Na jornada em busca de um estilo de vida mais saudável e das transformações desejadas, o entendimento sobre nós mesmos torna-se primordial.

Diante da enxurrada de conselhos, tendências e opiniões sobre o que seria uma escolha adequada, é fácil nos desorientarmos. No entanto, é preciso lembrar que cada um de nós é singular, e o que beneficia um pode não ser o melhor para outro. Aqui, o valor do autoconhecimento é evidenciado. Ao discernir nossas necessidades, anseios, virtudes e desafios, podemos esboçar um roteiro que ressoe genuinamente com nossa identidade.

Ao estar ciente de nossas inclinações, nos preparamos para antecipar obstáculos e desenvolver estratégias de superação. Adicionalmente, ao valorizarmos nossos pontos fortes, temos a oportunidade de amplificar nossos esforços. Além de tudo, o autoconhecimento facilita nossa conexão com a essência individual. Quando há clareza sobre nosso ser, as decisões tornam-se mais precisas e a genuinidade aflora. 


Assim, ao integrar motivação e autoconhecimento, nos tornamos mais aptos a adotar práticas saudáveis, tomar as melhores decisões para nossa vida e impulsionar as transformações que tanto buscamos.  Compreender claramente nossos motivadores internos e ter um entendimento profundo de nossa essência é um recurso valioso, conduzindo-nos a uma saúde mental sólida e, consequentemente, a uma melhor qualidade de vida.


Leia também: 





Referências: 

  • Academia Médica. (14 setembro 2023). Decisões Diárias: O poder do estilo de vida na saúde mental.
  • Morris LS, Grehl MM, Rutter SB, Mehta M, Westwater ML. On what motivates us: a detailed review of intrinsic v. extrinsic motivation. Psychol Med. 2022 Jul;52(10):1801-1816. doi: 10.1017/S0033291722001611. Epub 2022 Jul 7. PMID: 35796023; PMCID: PMC9340849.
  • Min Xu, Bu Liu, Ruolei Gu, Suyong Yang, Hongbo Wang, Xiangru Zhu, Self-awareness buffers the consequences of negative feedback: Evidence from an ERP study, International Journal of Psychophysiology, Volume 164, 2021, Pages 9-16, ISSN 0167-8760, https://doi.org/10.1016/j.ijpsycho.2021.02.004.















Denunciar publicação
    000

    Indicados para você