[ editar artigo]

Diretrizes de nutrição e atividade física da American Cancer Society para sobreviventes de câncer

Diretrizes de nutrição e atividade física da American Cancer Society para sobreviventes de câncer

 

Há quase 17 milhões de sobreviventes de câncer vivendo nos Estados Unidos. Pesquisas sugerem que componentes do estilo de vida, como o peso corporal de uma pessoa, quão fisicamente ativos são, o que comem e se consomem bebidas alcoólicas, podem afetar sua sobrevivência e bem-estar após um diagnóstico de câncer. 

Em março, a  American Cancer Society (ACS) revisou estudos sobre como esses fatores influenciam resultados do câncer e publicou uma atualização detalhada das das diretrizes de nutrição e atividade física para sobreviventes  de câncer.

O câncer é uma doença agressiva e, consequentemente, a perspectiva de sobrevida e recuperação de saúde após o diagnóstico depende de muitos fatores, como: o tipo de câncer (e o grau da doença) que acometeu o paciente; os tratamentos utilizados após o diagnóstico, a presença de comorbidades que podem afetar em maior ou menos grau o prognóstico.

A seguir, fizemos um resumo dos conselhos baseados nas evidências da diretriz. 

Cultivo de hábitos saudáveis 

Há evidências científicas que comprovam que manter uma boa dieta, praticar atividades físicas regularmente e cultivar hábitos saudáveis, ajuda os sobreviventes de câncer a viver mais e, consequentemente, também diminui o risco de reincidência da doença ou desenvolvimento de um novo câncer.

Além disso, esses hábitos limitam efeitos colaterais do tratamento. reduzem o risco de desenvolvimento de outras doenças graves e melhoram a saúde e bem-estar geral dos pacientes.

Nutrição adequada

 Segundo a American Cancer Society, o consumo de alimentos nutritivos pode ajudar os sobreviventes de câncer a gerenciar seus níveis de energia e isso faz com que eles se sintam melhores e mais fortes.

 É preciso considerar que as necessidades nutricionais dos pacientes com câncer durante o tratamento dependem do tipo de câncer que eles têm, dos tratamentos que recebem e dos efeitos colaterais que vivenciam. Abaixo, algumas dicas listadas na diretriz:

• Durante o tratamento oncológico, o paladar pode sofrer alterações. Desta forma, recomenda-se que  pacientes experimentem novos alimentos  e consumam aqueles aos quais não estavam acostumados anteriormente;

• Escolher uma variedade de alimentos à base de plantas, e consumir feijão e ervilha em vez de carne em algumas refeições por semana é algo que positivo para uma nutrição adequada;

• É importante recomendar o consumo diário de frutas e vegetais os pacientes;

• O consumo excessivo de alimentos processados e embutidos não deve ser estimulado;

• Ao atender pacientes em tratamento contra o câncer , entenda que eles podem enfrentar desafios alimentares, como: falta de apetite; problemas para mastigar, engolir ou digerir e cansaço decorrente do tratamento, possíveis consequências em seu estado nutricional.

Incentivo à prática de atividades físicas

Há muitos benefícios decorrentes da atividade física. Por isso, a ACS recomenda que a avaliação e o incentivo à prática comece o mais rápido possível após o diagnóstico do câncer.

Ser fisicamente ativo é seguro para a maioria das pessoas em tratamento contra o câncer.  Além disso, se manter na ativa após um diagnóstico de câncer pode ajudar a melhorar a sobrevivência de sobreviventes de câncer de mama, colorretal e próstata, e há evidências crescentes de que também pode ser útil para alguns outros tipos de câncer. 

Atenção: é importante que as recomendações sejam feitas a partir do trabalho de uma equipe com aptidão para avaliar o perfil de cada paciente e recomendar um programa de exercícios seguro e eficaz, considerando as especificidades da pessoa.

São benefícios da atividade física:

• Redução de sintomas de ansiedade e depressão;

• Redução da fadiga e do linfedema;

• Melhorias na qualidade de vida relacionada à saúde, a saúde óssea e o sono.

Compreensão das consequências do tratamento oncológico

Para obter mais sucesso com a aplicação das diretrizes, entenda o porquê é importante que seu paciente mantenha uma vida física ativa. 

Durante o tratamento do câncer, os pacientes devem buscar manter (ou até mesmo aumentar) sua massa muscular por meio de dieta e atividade física. Os efeitos colaterais do tratamento do câncer são diversos e causam: alterações no paladar e no olfato, redução do apetite e origem distúrbios digestivos que podem levar à perda de peso (mais perceptível em pacientes oncológicos que recebem tratamentos que afetam o trato digestivo), além da redução de massa muscular e mau estado nutricional. 

Por isso, obter calorias suficientes para prevenir a desnutrição e manter o peso corporal e a força saudáveis ​​​​pode melhorar a jornada de recuperação da doença.

Recomendações sobre redução ou abandono do álcool

A entidade reitera que, dentre os sobreviventes de câncer, o impacto do consumo de álcool na recorrência e sobrevivência do câncer não é claro para a maioria dos tipos de câncer. 

Estudos de pessoas com câncer de cabeça, pescoço e fígado mostram que aqueles que bebem álcool não vivem tanto quanto aqueles que não o fazem. A ligação com outros tipos de câncer é menos clara.

Durante o tratamento,  é melhor que os pacientes evitem ou limitem o álcool, especialmente se estiverem iniciando um tratamento que os colocará em risco de feridas orais, como radiação na cabeça e pescoço ou muitos tipos de quimioterapia. 

Se o álcool for consumido durante o tratamento, o consumo deve ser limitado para prevenir interações com a quimioterapia e evitar áreas de tratamento agravantes durante a radioterapia.  É aconselhado que os pacientes conversem com o médico para saber se e é seguro beber  durante o tratamento.

Embora não haja evidências suficientes para fazer recomendações específicas sobre o álcool para sobreviventes de câncer em geral, a ingestão de álcool é, de acordo com o documento, uma causa conhecida de vários tipos de câncer.

Artigos relacionados

Referência

  1. ROCK, Cheryl L. et al. American Cancer Society nutrition and physical activity guideline for cancer survivors. CA: A Cancer Journal for Clinicians, 2022.Disponível em: https://acsjournals.onlinelibrary.wiley.com/doi/full/10.3322/caac.21719. Acesso em 08 de abril de 2022.

 

Academia Médica
O que a faculdade esquece de falar!
O que a faculdade esquece de falar! Seguir

Página da redação da Academia Médica para divulgar atualizações pertinentes aos médicos, acadêmicos de medicina e profissionais de saúde.

Ler conteúdo completo
Indicados para você